Novembro 27 2013

Meditação sobre a troca de roupa para o banquete.

Evangelho de São Mateus (capítulo 22, versículos 1 a 14).

Jesus contou ao povo a respeito de uma festa que um rei preparou para as núpcias de seu filho. Ele mandou os seus empregados por todos os lugares para trazer os convidados, mas eles não quiseram vir. Mandou outros servos com o encargo de dizer aos convidados: “Eis que eu preparei o meu banquete, os meus touros e animais cevados já foram degolados, tudo está pronto, vinde às núpcias”. O Evangelho nos diz que eles, sem fazer caso, foram um para o seu campo, outros para o seu negócio; os outros, agarrando os servos, maltrataram-nos e os mataram.

O rei enfureceu-se; mandou suas tropas, fez perecer os assassinos e incendiou-lhes a cidade. Então disse a seus servos: “O banquete está preparado, mas os convidados não eram dignos dele. Ide pois, às saídas dos caminhos e convocai para o banquete todos aqueles que encontrardes”.

Os servos obedeceram e reuniram todos os que encontraram, maus e bons. E a sala do banquete ficou cheia de convivas. Tendo entrado para observar os convivas, o rei avistou um homem que não trajava a veste nupcial.

“Meu amigo”, disse-lhe, “como entraste aqui sem a veste nupcial?” Ele ficou calado. Então o rei disse aos servidores: “Lançai-o, de pés e mãos atados, nas trevas, fora: lá haverá choro e ranger de dentes”. Pois a multidão é chamada, mas poucos são os eleitos.

 

Quer trocar de roupa, para um dia ir para o Paraíso?

Este Evangelho é tão claro, mostra-nos o caminho do ParaísoEu não posso deixar para pensar depois. É questão de logística, planejar a minha grande viagem.

Para onde quero ir? Quem acredita fielmente no Salvador Jesus Cristo, precisa se esforçar por conhecer o que nos deixou para ir um dia morar com ele na morada que nos preparou.

Como chegar lá com a roupa adequada?

Sabe como é esta roupa? É feita de ‘amor’, vestir-me com as vestes de Jesus. Como?

Tudo tem que começar do princípio, se vou aprender a ler, é com o ‘b-a bá’, se vou aprender música, é com o do, ré, mi.

Não posso olhar o todo, tenho que olhar por pequenas partes. Começo pedindo sinceramente a Deus que quero conhecê-lo, quero fazer parte de seu rebanho.

Por Deus na minha vida, no lugar mais importante do meu coração e na minha casa também, arrumar um lugar para fazer minhas orações, dedicando este lugar para Ele com todo respeito que Sua Majestade merece.

Colocar as armas de lado, esforçar-nos para nunca usá-las, se alguém ofender-nos, ficar em silêncio e ver Jesus nele. No princípio é difícil, mas o resultado compensa. Depois que esfriar a cabeça, vou me sentir muito bem, com certeza.

Pensar sempre que Jesus me vê o tempo todo, onde quer que eu esteja e me ama profundamente, muito mais do que possa entender.

Importar-se somente com a opinião d’Ele sobre a minha pessoa, não ter coragem de ofender um Deus que me amou até a morte, que se entregou por mim. Querer fazê-lo feliz e ser grato a Ele por tanto amor, amando o meu próximo.

Continuaremos refletindo sobre a mudança da vestimenta.

publicado por emtudosomenteavontadededeus às 15:50
|  O que é? | favorito

mais sobre mim
Novembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
28
29
30


links
pesquisar
 
contador de visitas
estatisticas gratis
blogs SAPO